Quanto MAIS colo, MENOS colo. | PortBaby

Quanto MAIS colo, MENOS colo.

Publicado: 23/07/2019

Mas como assim? É simples e eu vou explicar. Quanto mais colo uma criança recebe nos primeiros anos de vida, menos ela precisará de “colo” na vida. 
ㅤㅤ
Mas e aquele papo de negar colo o tempo todo pq vicia?

Vamos investigar. A criança pequena, que ainda não fala, usa o corpo para se expressar, e essa expressão do corpo vem através das sensações dos sentidos, ou seja, do tato. 
ㅤㅤ
O tato é o primeiríssimo dos sentidos a se desenvolver, ainda no útero. Quando o bebê nasce, ele precisa imediatamente do colo (tato) para sentir a proteção que tinha na vida intra-uterina, para se regular e para se alimentar. O colo é a nova MORADA do bebê. 
ㅤㅤ
Mãe e bebê: regulação térmica entre o corpo da mãe e do bebê, regulação do sistema respiratório e batimentos cardíacos, sensação de calma e segurança. 
ㅤㅤ
E após os dois anos? A criança em idade pré-escolar? Ela encontra no colo E no ABRAÇO (ferramenta da disciplina positiva) os estímulos que precisa para sua regulação emocional. No colo há o tato, a temperatura, os batimentos cardíacos, a respiração e o tom de voz (quando bem utilizado) que ela precisa para se sentir calma, protegida e enfim, segura. E essa segurança oferecida na primeira infância levará a um adulto seguro. 
ㅤㅤ
Então, quando uma criança cai (por favor nunca diga que não foi nada e não ria da sua criança, acolha), quando se machuca, quando está faminta, cansada, irritada, assustada, triste ou até extremamente feliz, ela recorre ao colo.
ㅤㅤ
Quanto mais a criança encontra-se com a receita para a regulação interna no colo de um adulto cuidador e PREPARADO para agir com ela, mais ela internaliza o passo a passo para essa regulação interna, até ser capaz de buscar isso sem auxílio, sendo assim dona das próprias emoções e capaz de lidar com elas. 
ㅤㅤ
Regulação emocional, atenção, comunicação e colo (ou abraço) andam sempre juntos. 
ㅤㅤ
Te fez pensar? Fez sentido?

#criacaocomapego#comunicacaonaoviolenta#disciplinapositiva #montessori


Texto escrito por
Georgina Morschel
Mãe da Júlia e do Matias - Educadora Parental certificada pela Positive Discipline Association (USA) -
Disciplina Positiva - Criação com apego - Montessori

Siga a Ge no Instagram para acompanhar todas as suas postagens:

@pode.me.chamar.de.ge

http://bit.ly/2SyInYS



Voltar